O Marketing de Conteúdo pode aumentar minhas vendas?

O Marketing de Conteúdo ajuda a reduzir meus custos?

O Marketing de Conteúdo fortalece minha marca?

Se você procura por estas respostas, fique tranquilo. Ouço elas com frequência em minhas Consultorias de Marketing Digital e ao longo deste artigo vou responder cada uma delas.

Mas antes, veja o que a fabricante de automóveis BMW fez para se destacar no mercado norte-americano, um dos mais competitivo do mundo.

Case BMW

Em 2001 a BMW tinha um grande desafio: se posicionar como marca de carros esportivos premium no mercado norte-americano.

Sua verba de marketing era significativamente inferior perante seus concorrentes e detinha menos de 2% de participação do mercado.

Apesar do rigor em suas criações publicitárias, seus comerciais eram copiados com frequência e estava cada vez mais difícil se diferenciar da concorrência.

O time de Marketing da BMW fez o dever de casa e constatou que 85% do seu público estava conectado à internet e realizava pesquisas online antes de decidir pela compra de carros de luxo.

Com essas informações em mãos e depois de muito brainstorm, decidiram apostar na produção de conteúdo para internet no formato de vídeos. A ideia era produzir filmes curtos, com histórias de ação sobre um motorista misterioso que era contratado por pessoas que sempre entravam em apuros.

A série com 5 filmes foi intitulada de “The Hire”, (“O Motorista”). A cada episódio, “O Motorista” era posto a prova e contava com o desempenho de sua BMW para escapar de situações inusitadas e ajudar seu cliente.

No entanto, para que a estratégia funcionasse, a equipe de Marketing da BMW sabia que os filmes não poderiam se parecer com comerciais publicitários. Assim, 75% da verba foi destinada para produção e 25% para mídia, com o objetivo de gerar o tráfego inicial.

A campanha de Marketing de Conteúdo da BMW foi um sucesso e se tornou um grande case. Os episódios contaram com atores consagrados como Clive Owen, Madonna e Forest Whitaker.

Um ano após a estréia do primeiro filme o site da BMW já contabilizava:

  • Mais de 10 milhões de sessões;
  • Mais de 2 milhões de usuários únicos;
  • Mais de 50% dos acessos eram de donos de BMW e “pretendentes a carro de luxo”;
  • Vendeu 12% mais carros do que a Mercedes.

O Marketing de Conteúdo trouxe outro benefício para a marca: seu efeito contínuo. Em 2005 quando o site bmwfilms.com foi aposentado, os acessos superavam os 93 milhões.

Assista os filmes da campanha:

O que é Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo é contar histórias relacionadas ao seu negócio que sua audiência quer ouvir.

Não se trata apenas de nossa empresa ou produto, se trata da persona, o quanto somos relevantes em sua jornada de compra.

Entender as dores do seu público e conhecer seu perfil com profundidade é essencial para o desenvolvimento de uma estratégia que gere negócios, confiança na marca e autoridade em seu nicho.

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia de Marketing Digital e um dos pilares da metodologia Inbound Marketing, também conhecida como Marketing de Atração.

Criar conteúdos com estratégia possibilita conduzir sua audiência para o fundo do funil de vendas e influenciar de forma positiva sua decisão de compra.

Vantagens do Marketing de Conteúdo

Mas você pode se perguntar: será que o Marketing de Conteúdo funciona para o meu negócio? A resposta é SIM!

Não importa o segmento, sempre existirão pessoas com dúvidas sobre produtos e soluções. Se você não estiver lá para respondê-las, seus concorrentes estarão.

Caso ainda tenha alguma dúvida, conheça as principais vantagens que a estratégia de Marketing Digital pode gerar para o seu negócio:

Gerar tráfego qualificado

Produzir conteúdo de qualidade e otimizá-lo com técnicas de SEO, ajuda no ranqueamento orgânico do seu site. Assim, quando sua audiência pesquisa por algo relacionado ao seu negócio, é possível que seu conteúdo seja exibido nas páginas de busca do Google.

Cultivar relacionamento com sua audiência

As newsletters e os emails marketing são ótimas formas de manter contato com sua audiência. Uma vez que o usuário aceita receber seus informativos, está demonstrando interesse em seus conteúdos. Por tanto, não exagere com a autopromoção.

Aumentar autoridade

Publicar conteúdos interessantes com regularidade mostra que você é especialista no assunto. Além de aumentar a notoriedade da sua marca, gera valor para sua audiência.

Fortalecimento de marca

Empresas que investem em Marketing de Conteúdo têm mais brand awareness. Ou seja, estão mais presentes na mente do consumidor porque mantêm relacionamento próximo e se esforçam para ajudar sua audiência.

Criar lista de email

Outra vantagem da produção de conteúdo é a possibilidade de captar os dados de contato dos usuários anônimos que visitam seu site. Criar listas de email possibilita desenvolver estratégias de nutrição de leads, preparando sua base para percorrer o funil de vendas até o momento de compra.

Redução do CAC – Custo de Aquisição do Cliente

Como vimos, o Marketing de Conteúdo pode melhorar sua posição orgânica no Google, sem que você tenha que depender apenas de anúncios.

Anunciar no Google é uma excelente estratégia, no entanto, dependendo do nível de competição do seu mercado, pode elevar seu custo de aquisição.

A produção de materiais educativos reduz a necessidade de grandes equipes de vendas para atender potenciais clientes que ainda estão na fase inicial da jornada de compra. Esses materiais também ajudam nos treinamentos e processos internos das empresas.

Aumento das vendas

Empresas que investem em Marketing de Conteúdo se tornam referência em seu setor e isso influencia diretamente a decisão de compra.

Canais de Marketing de Conteúdo

Site responsivo

O site é um dos principais pontos de contato online entre empresas e consumidores. Assim, produzir conteúdos respondendo “perguntas frequentes” e “manuais de utilização” demonstram que a empresa se preocupa com seu público.

Mas não para por aí, o site responsivo é projetado para se adaptar a qualquer dispositivo e formato de tela. Isso melhora a experiência do usuário na hora de ler um conteúdo ou preencher formulários de landing pages para baixar materiais educativos como ebooks e infográficos.

Loja virtual

Sua empresa cria várias estratégias para atrair o público correto para o e-commerce, investe em influenciadores digitais e um caminhão de dinheiro com mídia paga e, quando finalmente o usuário está na página do produto…

Não entende como funciona, não encontra as características do produto. As fotos são de baixa qualidade e não demonstram todos os ângulos. A descrição é padronizada, ou pior, copiada do concorrente.

O Marketing de Conteúdo possibilita criar histórias, apresentar o produto como a melhor solução disponível para a necessidade do usuário. Permite incluir fotos, vídeos, gráficos. Permite encantar o cliente.

Blog corporativo

Criar um blog é a melhor forma para colocar sua estratégia de Marketing de Conteúdo em ação.Para criar um blog é necessário um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS – Content Management System), sendo o WordPress o mais famoso.

Esses sistemas permitem gerenciar conteúdos multimídias como texto, imagens, vídeos, entre outros, de forma fácil e amigável. Além de facilitar a indexação dos conteúdos no Google.

Email marketing

O email marketing é um canal de comunicação importante para distribuir seu conteúdo, se relacionar e nutrir sua audiência. Além de levar tráfego para seu site, ajuda o SEO da sua página.

Podcast

O podcast é um formato de conteúdo em áudio.

Entender a jornada de compra da sua persona vai ajudá-lo a decidir se este é um canal a ser considerado em sua estratégia de Marketing de Conteúdo.

Muitas pessoas que passam bastante tempo no trânsito ou em academias, por exemplo, podem optar por consumir conteúdos em áudio.

Youtube

Quando estamos planejando nossos conteúdos, precisamos pensar na intenção de busca do usuário. Que tipo de resposta ele gostaria de encontrar? Um vídeo, um artigo, um infográfico?

Reflita comigo.

Qual seria o melhor formato de resposta para seguinte busca no Google: “como montar um arranjo de flores”.

Talvez a melhor forma de aprender como montar um arranjo seja assistindo um tutorial em vídeo, concorda?

O que estou querendo dizer é que cada vez mais o Google tenta entender a intenção por trás de cada busca para apresentar o melhor formato de conteúdo.

Assim, se a intenção de busca que vai ativar seu conteúdo pede um vídeo, faça um vídeo.

Redes sociais

As redes sociais permitem vários formatos de arquivo e são excelentes para distribuição de conteúdo e engajamento com sua marca.

Ferramentas de Marketing de Conteúdo

  • SEMrush
    Ferramenta completa para análise de conteúdo e otimização SEO. Permite pesquisar pelas melhores palavras-chave e analisar a concorrência.
  • RD Station
    O RD Station é um software all-in-one de Marketing Digital. A ferramenta possibilita disparos de email marketing, automação de marketing, gestão e segmentação de leads.
  • Google Trends
    Esta ferramenta do Google permite explorar quais tópicos são tendência de busca do momento. Isso permite aproveitar notícias “quentes” para criar conteúdos de oportunidade. Ou, simplesmente analisar a tendência de pesquisa por determinada palavra-chave.

7 erros de Marketing de Conteúdo

  1. Criar conteúdos aleatórios, sem planejamento;
  2. Não criar um calendário editorial;
  3. Não medir os resultados das campanhas de conteúdo;
  4. Não criar conteúdo pensando na persona;
  5. Não gerar leads;
  6. Não otimizar os conteúdos para os motores de busca;
  7. Não divulgar seus conteúdos.

Conclusão

O Marketing de Conteúdo pode ser utilizado por empresas de todos os portes e segmentos.

Com um pouco de criatividade, consistência e planejamento você será capaz de melhorar seus resultados e se destacar da concorrência. Basta prestar atenção na sua persona.

Espero ter ajudado.

Se você gostou deste artigo, compartilhe e ajude outras pessoas. Se já utiliza o Marketing de Conteúdo no seu dia a dia, comente ou envie suas dúvidas.

Até a próxima